domingo, 20 de março de 2011

Olha só...

Que diferença faz se eu sou preto, branco, rico ou pobre? Que diferença faz se eu sou hetero, bi ou homo? Que diferença faz se eu sou do morro ou do asfalto? Um dia tu tá no topo, no outro tu tá lá embaixo.
 Que diferença faz se meu cabelo é enrolado ou liso? A parada é fazer teu próprio estilo. Preconceito com que eu consigo ou tenha conseguido. Amarelo, azul, branco, rosa ou vermelho. Antes de julgar alguém irmão se olhe no espelho. Cada um é o que é, seja o que tu quiser. 
Seja o dono do mundo, ou seja, o zé mané. Não importa da onde tu vem, nem o que você faz, no fim da vida acredite, somos todos iguais. Mas não fique ai parado esperando acontecer, vai ver o mundo lá fora, vai ver o sol nascer. 
Viva sua vida sem medo de arriscar, se vai dar certo ou não o importante é tentar. Não tenha vergonha do que os outros vão pensar, para ser alguém na vida, basta acreditar.

Não dou tanta atenção assim para o preconceito, infelizmente é uma doença que não tem mais jeito!  ):

Nenhum comentário:

Postar um comentário

o que procura por aqui?

Seguindo em frente

As vezes o que precisamos está tão próximo.. Passamos, olhamos, mas não enxergamos. Não basta apenas olhar. É preciso saber olhar com os olhos, enxergar com a alma e apreciar com o coração. O primeiro passo para existir é imaginar. O segundo é nunca se esquecer de que querer fazer é poder fazer, basta acreditar.